Utilizando os trens da Europa – Reino Unido

Quando defini que iria para o Reino Unido nas minhas férias e que queria passear pelo máximo de lugares possíveis, já comecei a matutar como faria o deslocamento entre as cidades/países: ônibus, trem, avião, carro, jegue… Como mencionei no post anterior, não curto muito excursões e nem alugar carro by myself, então passei a pesquisar sobre as formas coletivas de viajar por lá, e facilmente percebi que o trem era uma excelente opção!

Como nunca tinha viajado nesse esquema, fiquei com um pouco de receio em deixar pra comprar as passagens de trem na hora, no balcão. Sei lá, e se não fosse fácil conseguir vaga ou não tivesse opções de horários? Além disso, vi que, para quem vai fazer mais de duas viagens, acaba ficando caro comprar por trecho. Por exemplo, na época em que estava pesquisando, o trecho Londres/Cardiff custava cerca de $90 libras… outch!

Passe de Trem - Exterior do trem

Passe de Trem - Interior do trem

Acabei descobrindo um site em português chamado Rail Europe onde você encontra várias opções de passagens de trem pela Europa toda, bem como explicações sobre qual forma é a que mais se adequa à sua necessidade. Por exemplo, se você for fazer uma ou duas viagens em dias já determinados, pode comprar o bilhete somente para o trecho que deseja, escolhendo o horário de partida do trem. Mas se o seu caso for como o meu, que fiz cerca de 10 viagens sem dias marcados, você pode escolher passes de trem que cobrem um ou mais países e você pode viajar por x dias.

Eu comprei o BritRail Pass (engloba Inglaterra, País de Gales e Escócia – Irlanda não comprei porque fui de avião até lá e não iria usar o trem internamente), que dava direito a quantas viagens eu quisesse fazer durante 15 dias corridos, começando a partir do meu primeiro deslocamento. PS.: paguei mais barato que minha mãe porque me enquadrava na categoria “Jovem”. \o/

Passe de Trem - RailEuropeFiz a compra pelo site e os passes chegaram bonitinhos em casa uns dias depois, com espaço para preencher alguns dados como nome e número de passaporte. Na viagem, foi extremamente prático usá-lo! Alguma estações são menores e não tem ninguém verificando os bilhetes dos passageiros, então é só esperar o trem na plataforma e entrar. Alguns minutos depois, passa um fiscal sempre muito gentil pedindo para que todos mostrem o bilhete. Quam não tinha, podia comprar na hora em uma maquininha pendurada no pescoço dele #facilidades. Eu apenas mostrava meu passe e ok! Tudo resolvido! E foi assim em todos os trechos 🙂

Achei o serviço do site e a opção ótimos, deu super certo para o que eu precisava. Aprovado!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *