Arraial do Cabo: Dia 4 – As Prainhas

E não teria programa melhor do que ficar moscando em uma das praias mais lindas do Brasil no 4º e último dia em Arraial do Cabo. Uma excelente maneira de recarregar as baterias para encarar 9 horas de estrada para voltar pra casa no dia seguinte, né? Eu havia descido nas Prainhas em uma das paradas do passeio de barco que fizemos no segundo dia e, na hora, decidi que voltaria para aproveitar a praia com mais tempo!

O acesso

Se não for de barco, tem que ser de carro. Até arrisco a dizer que, com MUITA coragem e preparo físico, dá para ir à pé, mas não creio que seja a melhor alternativa porque é realmente bem longe. Lembra quando falei do Pontal do Atalaia aqui? Então, o caminho é o mesmo. Nos fundos da Praia dos Anjos, siga as placas para o Pontal. A entrada dele é como se fosse uma portaria, é só passar por ela e ir reto. E sobe. Sobe bem. Mais um pouco ainda…

Pronto, no meio do caminho, antes de chegar no mirante, vai ter uma placa indicando as Prainhas para a esquerda. É só seguir. Você vai cair em uma estrada de terra que contorna a montanha de cima e dá para ter uma vista linda da Praia dos Anjos lá embaixo. E vai embora. Pode ir! Em algum ponto no meio da estradinha, tem umas pessoas uniformizadas cobrando a entrada (R$10 por veículo) e dando algumas explicações. É só continuar, sempre mantendo a direita e, lá no início da escadaria que desce para As Prainhas, vai ter alguém, também uniformizado, indicando o lugar para estacionar. Aí, é só encostar o carro no canto da estrada, pegas as tralhas e descer a tal escada! Mas antes, um foto, pelamor!

As Prainhas

A infra-estrutura

A escada que dá acesso às Prainhas é muito boa. Degraus amplos e espaçosos, nada muito íngreme. Dá a impressão de ser bem nova – ou, no mínimo, muito bem cuidada. Dá para ir com crianças ou idosos tranquilamente, é bem seguro. Chegando lá, logo ao pé da escada, tem umas duas barraquinhas com comida e aluguel de cadeiras e guarda-sóis. São os únicos que tem autorização para ficar por ali. Aluguei duas cadeira e um guarda-sol por R$15 para passar o dia todo, sem obrigação de consumir na barraca – o que foi ótimo, porque tinha minhas tranqueirinhas na bolsa 🙂

Dá para ficar lá o dia inteiro, numa boa. A vida toda, se quiser! hehe A única coisa é que, como a praia é cercada por montanhas, assim que o Sol começa a baixar um pouquinho, já faz sombra na areia e, como fomos no Outono, bate aquele ventinho frio. Mas no verão isso não deve ser um problema! 🙂

As Prainhas escada e sombraSugestão para depois

Saí de lá com o Sol já querendo baixar e, como já estava no meio do caminho para o Pontal do Atalaia, resolvi parar lá para assistir ao pôr-do-sol de novo! Super recomendo emendar esses dois passeios, viu? Ambos são lindos de morrer e já fica tudo no mesmo caminho.

por-do-sol Pontal do AtalaiaO jantar

Para evitar pegar estrada em plena volta de feriado para ir jantar em Cabo Frio, decidi ficar por Arraial mesmo. Fui até a pracinha que comentei aqui para ir no mesmo restaurante da primeira noite, o St. Tropez. Contudo, porém, entretanto, todavia, chegando lá dei com a cara na porta. hehehe. Great! Como eu disse, Arraial não tem muitas opções noturnas. Ou melhor, não tem praticamente nenhuma. Voltei para o hotel e pedi sugestões aos donos da pousada. Eles falaram de uma pizzaria chamada Shan’s, que é bem famosinha e ficava em uma das principais ruas da cidade. Peguei o carro e fui até lá. Estava aberta, ainda bem!! Deu para comer bem, e por um preço bem justo. 🙂

O gasto

Entrada nas Prainhas: R$10

Aluguel de cadeiras e guarda-sol: R$15

Pizzaria Shan’s: R$40

Gasto total do Dia 4: R$65 (foi o dia mais econômico de todos! hehehe)

*Fotos: arquivo pessoal

É isso! Esse foi o resumo da viagem para Arraial do Cabo e região! Clique nos links a seguir para saber mais detalhes e dicas sobre: geral da cidade e pousada, Praia do Forno, passeio de barco, Pontal do Atalaia e o passeio de escuna em Búzios + Praia da Ferradura!!

Deixem nos comentários se gostaram desse tipo de post??

Obrigada!! 😉

 

One thought on “Arraial do Cabo: Dia 4 – As Prainhas

Leave a Reply to kadu Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *