Nosso primeiro dia em Arraial do Cabo começou com uma mudança de planos. A princípio, iríamos fazer o passeio de barco que foi super bem recomendado e é daqueles programas tem-que-ir, sabe? Entretanto, como o dia amanheceu meio nublado, preferimos deixar o passeio para um dia mais ensolarado e decidimos passar o dia todo na Praia do Forno. Tinha lido boas recomendações sobre ela, então pronto! Mudamos o roteiro e lá fomos nós.

O Acesso

A Praia do Forno fica escondida no meio de umas montanhas e só dá para chegar lá de barco ou à pé, por meio de uma trilha que sai do centrinho da cidade. Como estávamos hospedados perto da Praia dos Anjos, fomos andando até lá. É só seguir pela orla e você encontra placas indicando a entrada da trilha, além de um ponto de informações turísticas, para qualquer dúvida!

A trilha

A trilha é bem tranquila, chão de pedra e degraus demarcados. Rola uma boa subida, mas qualquer cansaço vai embora quando chegamos em um pequeno mirante no topo do caminho, de onde podemos ver a praia lá embaixo. Acho que uma imagem vale mais do que mil palavras, não? Olha só:

Praia do Forno

 

Mirante

Sonho de visual, né? Dá vontade de ficar o dia todo ali em cima, só olhando!

A água

A praia é uma delícia e, pelo menos naquele dia, estava super tranquila. Mas não se iludam com essa água limpa e cristalina, viu? rsrs O que ela tem de transparente, também tem de gelada. MUITO GELADA. A Região dos Lagos recebe uma corrente marítima que vem da Antártida, fazendo com que as águas sejam frias em qualquer época do ano. Mas posso falar? Isso não atrapalha em nada! É só sair correndo e se jogar! rsrs

O mar

A Infra-estrutura

Por ser um local de preservação, a estrutura é a mínima necessária que um turista precisa: tem 3 ou 4 quiosques na praia toda, com opções de comidinhas, porções, bebidas e, claro, banheiros. Mas aí tem um ponto…  rsrs… Como não tem encanamento de água nem de esgoto nenhum deles tem pia ou descarga. Existe um barril de água dentro de cada banheiro com um baldinho dentro. Após fazer suas… hum, necessidades, tem que pegar água com esse baldinho e jogar no vaso sanitário. Essa é a descarga! hahaha Bem roots! Mas acho que está certo, pois ajuda a preservar a natureza 😉

A Segurança

Claro que estamos no Brasil e não podemos dar bobeira em lugar nenhum, mas achei a praia bem sossegada e segura. Como o acesso por terra é feito por um único local, fica mais difícil alguém roubar alguma coisa e sair correndo depois, né? Talvez em um dia com muita gente deve ser necessário ter mais atenção com os pertences, mas nós não observamos nada de estranho e ficamos bem tranquilos! Alguém teve alguma experiência diferente dessa pra contar?

O jantar

À noite, resolvemos ir jantar em Cabo Frio, pois vimos que não teríamos muitas opções em Arraial. Depois de nos perder por pura burrice no centro da cidade, encontramos o tal do Boulevard do Canal, que tinha vários restaurantes com mesas na calçada. Adoro! Escolhemos um chamado Restaurante do Zé por causa da picanha que vimos na mesa da pessoas… HAHAHA… Até cogitamos outras opções, mas aquele cheirinho de churrasco não saiu da cabeça e resolvemos ficar por ali mesmo!

O prato era muito saboroso e bem servido para duas pessoas, sem aquele exagero típico de restaurante de praia onde dá pra comer um batalhão e sobra um monte de comida.

Restaurante do Zé

O Gasto

Um dia antes de viajar, fui no mercado e comprei, além de uma sacola térmica, várias comidinhas simples, como salgadinhos, chá gelado, garrafas de água, bolacha recheada, pão integral, frios e mais umas besteirinhas. Algumas dessas coisas eu não costumo comer no dia-a-dia, mas são práticas para levar em viagens, podem ser facilmente conservadas e ajudam a economizar uma graninha! O quarto do hotel tinha geladeira, então facilitou ainda mais a manter os frios conservados! Somando tudo o que comprei no mercado, incluindo protetor solar, gastei R$200, e as coisas duraram até o fim da viagem. Score! o/

Como estávamos munidos de um arsenal de comida, não compramos nada durante o dia na praia e gastamos apenas para jantar. O saldo do dia foi esse:

Restaurante do Zé: R$88,00

Sobremesa: R$8,00

Total de Gasto Dia 1: R$133,00

É isso! Esse foi o resumo do nosso primeiro dia em Arraial do Cabo!!

See you 🙂

*Fotos: arquivo pessoal

 

UPDATE: Veja os outros posts sobre Arraial do Cabo!

Geral sobre a cidade

Dia 2 – Passeio de barco e Pontal do Atalaia

Dia 3 – Búzios: passeio de escuna e Praia da Ferradura

Dia 4 – As Prainhas

Arraial do Cabo: Dia 1 – Praia do Forno

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *