Dicas para curtir os parques de Orlando


Se você vai para Orlando pela primeira vez e está procurando algumas dicas para aproveitar melhor sua experiência nos parques, continua lendo esse post. São detalhes simples e, aparentemente básicos, mas que podem fazer a diferença 😉 Dicas para curtir melhor os parques de Orlando:

Parques de Orlando - Parques

 

– Use calçado confortável

E por confortável eu quero dizer que tenha um bom amortecimento. Sério. Se você for do tipo “uhuuuuuu vamos curtir o dia como se não houvesse amanhããã!!!”, seus pés vão doer. Bastante. Tanto que você não vai conseguir andar no final do dia. Sendo assim, apele para um tênis confortável e com um bom amortecedor para minimizar os efeitos de um dia i-n-t-e-i-r-o em pé quando chegar no hotel.

PS.: Juro que essa a é a dica mais valiosa que alguém poderia ter me dado quando fui pra lá 😉

– Para economizar: compre comida no mercado Se você não quiser gastar dinheiro com almoço e jantar dentro ou fora dos parques, uma boa dica é passar em qualquer Walgreens ou Walmart e fazer umas comprinhas: pão, frios, bolachas, salgadinhos, achocolatado pronto, suco de caixinha. É tudo muito barato e você pode comprar tudo o que vai precisar para fazer seu café da manhã (caso não esteja incluso na diária do seu hotel), lanchinhos da tarde e uma refeição. Sem dúvida, vai sair MUITO mais barato do que ficar comendo fora todos os dias.

Mas claro, não deixe de comprar um pote enorme de sorvete ou comer uma tradicional turkey leg dentro dos parques de Orlando. Afinal, a experiência gastronômica também faz parte do passeio.

– Chegue cedo nos parques

Para aproveitar o dia, especialmente se você for no verão (época que a cidade mais lota), chegue cedo nos parques de Orlando. Assim você consegue curtir uma parte dos brinquedos antes de começar a encher de gente. E de esquentar demais.

– Reserve um dia para cada parque

Tem muita gente que diz que dá para conhecer dois parques da Disney em um dia só – principalmente os que preferem gastar os outros dias em outlets. Ok, pode até dar, mas com certeza você não vai aproveitar tuuuudo da melhor maneira. O barato dos parques é você poder andar sem pressa, curtir cada atração, cada personagem que perambula pelas ruas, repetir brinquedo, parar para descansar, comer com calma. Se o seu intuito é curtir MESMO a Disney, faça um parque por dia.

Para você conhecer todos os principais parques de Orlando, vai precisar de, no mínimo, 8 dias. São eles: Magic Kingdom, Animal Kingdom, Hollywood Studios e Epcot (Disney); Universal Studios e Islands of Adventure (Universal);  Sea World e Busch Gardens (que fica em Tampa, cidade próxima a Orlando).

Dica de ouro: Colocar um dia de compras entre os parques é uma boa ideia para dar uma variada. Além disso, para dar uma quebrada na correria e no cansaço, intercale os parques da Disney e Universal com o Sea World. Esse é um parque muito mais tranquilo, que tem vários espetáculos e lugares para sentar, por isso acaba sendo menos cansativo.

– Prepare-se para o dia do Magic Kingdom

Não tem como ir ao Magic Kingdom e não assistir ao tão famoso show de luzes e fogos no castelo da Cinderela. Entretanto, como o espetáculo só acontece perto do horário de fechamento do parque, por volta das 21h ou 22h (consulte aqui os horários) e você passou o dia todo andando, sem dúvida vai estar só o pó.

Dependendo de com quem você estiver viajando (crianças, idosos ou deficientes, por exemplo), talvez seja uma boa ideia chegar mais tarde no parque para aguentar ficar até o fim do show – que é imperdível. Mas caso você tenha pique e queira curtir todos os minutos do seu dia no Magic Kingdom, prepare as pernas, o pé e as costas, porque você vai cansar. Muito. Independe do que você escolher fazer (chegar mais tarde ou não), tente arrumar um lugar com uma boa vista do castelo assim que você perceber que as pessoas estão começando a fazer o mesmo. Assim, você garante seu lugar e pode aguardar sentado o espetáculo começar!

Parques de Orlando - Castelo

– Aprenda a usar o Fast Pass

Por mais que você vá para os parques da Disney no pico do verão, você não vai precisar se preocupar em gastar milhões de horas em filas intermináveis (alô Hopi Hari!). A maioria dos brinquedos dos parques da Disney tem um sistema chamado Fast Pass e pode te livrar de algumas filas enormes.

Quando eu fui ainda funcionava o sistema antigo, onde bastava colocar seu ingresso na máquina enfrente à entrada do brinquedo e ela te dava um papelzinho com o horário que você deveria retornar sem precisa pegar fila. Era só voltar no horário determinado, apresentar o papel e pronto. Brinquedo sem fila. Entretanto, o sistema mudou e ficou mais tecnológico (mas continua sendo de graça). Agora, o Fast Pass chama Fast Pass+.

Com o Fast Pass+, você pode reservar apenas 3 brinquedos por dia (e inclui as outras atrações também, como lugar privilegiado em espetáculos), e a reserva é feita de maneira digital, você não recebe nenhum papelzinho. Para entender melhor como funciona esse novo esquema, achei esse dois links (aqui e aqui) que explicam como ficou o Fast Pass depois da mudança. Na Universal, existe um esquema parecido, chamado Universal Express Pass (saiba mais aqui!).

Parques de Orlando - Universal Express Pass e FastPass+Na minha opinião, o custo x benefício não compensa tanto quanto o Fast Pass da Disney, já que você precisa pagar por esse tipo de ingresso (além do regular para entrar no parque) e não é disponível em todas as atrações. Você pode comprar esse passe para os dois parque da Universal (Universal Studios e Islands of Adventure) por cerca de US$40 ou somente para um deles (cerca de US$35 cada). Confesso que não utilizei esse sistema, então não sei dizer se compensa o valor pago.

O fato é que, mesmo estando nos parques em pleno verão americano, foram poucos os brinquedos que eu peguei uma fila interminável. Achei bem viável SEM o Universal Express Pass, mas acho que dependendo do dia e da sua disposição, talvez valha à pena.

– Assista a todas as atrações possíveis

Além dos vários brinquedos, os parques de Orlando tem muitos shows e apresentações na rua, especialmente na Disney. Veja o máximo deles que você puder, porque o conceito de cada um é super diferente, nunca vai ser o mesmo modelo de espetáculo. A produção, cenografia, coreografias, músicas são simplesmente incríveis. Tem um espetáculo da A Pequena Sereia chamado “Voyage of the Little Mermaid” no Hollywood Studios que é a coisa mais linda. Eu fui 3 vezes. T-R-Ê-S VEZES. É tão sensacional que eu fiquei super emocionada ao assistir (as três vezes). O show da Bela e a Fera (se não me engano, também é no Hollywood Studios) também é lindo, bem como o do Rei Leão (no Animal Kingdom), que é de tirar o fôlego, imperdível MESMO.

Parques de Orlando - Beauty and the Beast e Pequena Sereia

– Use roupas frescas no verão

A temperatura pode chegar perto dos 40ºC e posso te afirmar que Orlando fica extremamente quente. Além disso, não se esqueça que você vai ficar andando de um lado para o outro o dia todo. Por mais que você queria dar um de fashionistao look ideal acaba sendo o velho combo short + camiseta + tênis confortável. Não tem como fugir muito disso! Se quiser sair da monotonia, aposte em acessórios, chapéus e mochilas estilosas 🙂

– Use filtro solar

SIM!! E muito!!! No calor, o sol é bastante forte e ficar o dia todo debaixo dele definitivamente não vai se rum bom negócio para sua pele. E não se esqueça de levá-lo na bolsa com você para retocar durante o dia, já que o suor e eventuais brinquedos mais molhados podem diminuir a proteção.

– Leve água na mochila 

Não se esqueça desse item importantíssimo. O calor não é brincadeira e você vai precisar de hidratar o tempo todo.

Se você for com crianças…

– Alugue carrinhos para elas, mesmo que já sejam crescidinhas

Deu para perceber que eu frisei em vários pontos o fato de que você vai andar muito em todos os parques de Orlando, né? E se um adulto fica destruído ao final de um dia inteiro de parque, imagine uma criança. Fora que criança quando cansa, chora e dá trabalho. Por isso, para o seu bem e o dela, alugue um carrinho na entrada do parque e leve seu filho de maneira segura e muito menos cansativa.

– Fique de olho nelas. O tempo todo

Essa dica é bem batida e é válida para todos os pais em qualquer situação e lugar do mundo. Mas nunca é demais lembrar. Não deixe seus filhos saírem de perto nem por um segundo. Sei que estamos falando de um país de primeiro mundo (que a gente imagina que deve haver mais segurança) e do complexo de parques mais famoso do Planeta, mas não é só pela segurança em si.

Tenha em mente que, dependendo da época do ano que você for, os parques vão estar lotados de gente. E para uma criança se perder ali não precisa de muito. Afinal, são atrações coloridas, princesas falantes e guloseimas espalhadas por todos os lados. E isso já é suficiente para distrair uma criança e fazê-la sair andando sem que você perceba.

O que vi muito lá foram aquelas “mochilas” que as crianças vestem e os pais seguram por uma corda, sabe? Tipo uma coleira? Apesar de polêmico e controverso para muitas pessoas, esse é um artefato que pode ser bem útil em um lugar cheio de gente e onde se filho vai querer correr por todos os cantos.

______________________

Se alguém tiver mais alguma dica ou recomendação, deixe nos comentários!

Bjos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *