Times Square: o que, quando e como visitar

Lá vem eu com mais um post sobre Nova York. Eu sei, eu sei, já falei muito sobre esse assunto… Mas posso falar? É um tema que não se esgota nunca! Poderia passar os próximos anos pensando em post sobre a Big Apple e tenho certeza que sempre teria o que falar!

E hoje resolvi falar sobre a esquina mais famosa do mundo: a Times Square. Não tem ser humano que viaje para NY e não dê uma passadinha na Times Square. Seria um pecado. Mas o que ver lá? O que tem de tão legal? Qual o melhor dia e horário para passear por lá? Acho que posso responder a algumas dúvidas com base na minha experiência. Vamos ver?

Obs.: para ver TUDO o que já falamos sobre Nova York, clica AQUI!

Times Square

Melhor dia

Tudo depende do seu objetivo. Se a ideia for ver a Times Square tal e qual vemos em filmes, com aquela multidão de gente em meio àqueles painéis enormes e brilhantes, num movimento sem fim, recomendo ir no sábado à noite. É o point. O ápice da muvuca. Pulsante. Juro, parece noite de reveillon!

Fui em pleno Outono, com a temperatura beirando uns 5ºC, e esquina mais famosa do mundo estava fervendo. Tarde da noite e as gigantes lojas de departamento bom-ban-do. Tudo piscando, multidões andando pra lá e pra cá, grupos artísticos de rua se apresentando em alguma esquina, turistas animadíssimos tirando foto de tudo (eu!), luz, brilho, agitação sem fim. É incrível!

Times Square - noite

Bombando no sábado à noite, mesmo no frio!

Mas se você quiser apreciar as coisas com mais calma, evitar a multidão, dá para ir em algum dia da semana à noite. O brilho e a grandiosidade são os mesmos, mas o movimento de gente é um pouco menor.

E durante o dia? Vale a pena visitar? Olha, eu fui lá na hora do almoço em um dia de semana e achei tudo bem parecido com a Avenida Paulista, em São Paulo. Os painéis iluminados já não tem tanta graça, é cheio de gente apressada em horário de trabalho andando pra lá e pra cá, enfim. Vida normal, sabe? Nada de especial. Mas justamente por isso, eu gostei muito de ver como é a Times Square do dia a dia. No cotidiano. Com pessoas “reais”. Vale a pena se você tiver curiosidade e estiver nas redondezas para almoçar, por exemplo.

Times Square - Dia

Times Square de dia, na hora do almoço!

O que fazer

Considerando à noite, quando a coisa toda ganha ainda mais vida. Sinceramente, só de ficar parado olhando as luzes e o movimento, já vale o passeio. Mas você pode aproveitar para passear pelas lojas diferentes e badaladas, como a famosa loja de brinquedos Toys ‘R’ Us, a loja da Disney, da Hershey’s, tomar uma cerveja no Hard Rock Cafe ou comer um camarão no Red Lobster ou Bubba Gump Shrimp (para ver os posts com dicas de onde comer em NYC, clica AQUI e AQUI). Mas prepare-se para uma fila de espera ou ambientes cheios de gente, ok?

Times Square - Lojas 01 times-square-lojas02

Aproveite também para assistir a um show da Broadway. Vou fazer um post explicando mais sobre isso (tá vendo como sempre tem assunto?). Mas basicamente, você pode comprar ingressos com desconto (de shows da Broadway ou não) nas bilheterias da TKTS (que ficam bem no meio da Times Square, não tem como não encontrar). Você vê quais espetáculos estão em cartaz e se tem, ou não, desconto. Os descontos chegam a 50% sobre o valor do ingresso, o que é um excelente negócio. Nós assistimos a Chicago, um dos musicais mais tradicionais e pagamos metade do preço. Mas musicais mais recentes, como Alladin, por exemplo, não tem desconto.

Times Square - TKTS

TKTS ingressos na hora com desconto para shows dentro e fora da Broadway!

Como ir

Para tudo naquela cidade, metrô. Sempre. Tem várias estações perto da Times Square, mas para saber qual a melhor para você, vai depender muito de onde estiver vindo e para onde irá depois. Não, nem todas as linhas e estações são interligadas, então você precisa saber qual a sua linha para saber qual estação pode entrar #confuso

Se qualquer forma, acho que a estação Times Square 42 St é uma boa opção porque, no pior dos casos, você segue até a Grand Central Terminal e lá consegue pegar praticamente qualquer metrô para qualquer linha e sentido. Era por lá que íamos embora sempre que estávamos na região (nosso apartamento ficava na linha 6, 103th St.).

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *