Category Archives: A decisão / Agência / Curso de Inglês

Tudo sobre intercâmbio na Austrália!

Faz um pouquinho mais de 6 meses que minha irmã, Vanessa, foi fazer um intercâmbio na Austrália. Mais precisamente, na cidade de Gold Coast. Ela fez um curso de inglês durante esse período na Bond University e trabalha como garçonete em dois restaurantes. Agora que o curso acabou, ela está em processo de renovação de visto (que, a princípio, eram somente de 6 meses) e vai começar um outro curso, dessa vez de Business.

Quando ela chegou, ficou um mês morando em casa de família (que já foi pago e acordado daqui) e, depois desse período, precisava arrumar uma casa para alugar – que é onde ela mora até hoje!

Intercâmbio na AustráliaComo essa é uma experiência super diferente e que muita gente tem vontade de fazer – mas não tem a menor ideia de por onde começar, ou acha que deve ser muito complicado/caro -, resolvi criar uma série de posts com TODAS as informações necessárias para quem gostaria de seguir o mesmo caminho. E ninguém melhor para explicar direitinho como funciona, dar opiniões e recomendações do que a minha irmã, né? Alguém com conhecimento de causa e que ainda está vivendo a experiência para poder relatar t-u-d-i-n-h-o.

Formulei várias perguntas (do tipo entrevista mesmo! #phyno) que ela respondeu da maneira mais sincera e completa possível. Os temas abordados foram: “A decisão”, “A agência”, “O curso de inglês”, “Visto”, “Moradia”, “Trabalho”, “Dia a dia”, “Família” e “Futuro”.

A ideia é que isso sirva como um guia para quem tem vontade de fazer um intercâmbio na Austrália – ou em qualquer outro lugar do mundo -, estudar e/ou trabalhar fora do país, mas ainda tem muitas dúvidas a respeito. Uma mudança dessas precisa de tempo, planejamento e informações. Quanto mais você souber, melhor vai ser as escolhas que você fará!

Como são muuuitas as informações, vou separar essa primeira parte em três posts, para poder tratar de cada assunto com o máximo de detalhes possível. Se alguém tiver alguma dúvida ou informações complementares, pode deixar nos comentários, por favor! Vamos lá?

1. A decisão

– Quando e por que você decidiu passar uma temporada fora do Brasil?

“Em dezembro de 2012 eu estava me formando na faculdade… nessa época eu trabalhava há um ano como estagiária comercial e seria efetivada na empresa logo apos minha formatura. Eu estava naquela fase pensativa da vida de quando se termina mais uma etapa. Em paralelo, eu sempre tive vontade de prestar pra um processo de treinee, mas não me sentia segura com o meu inglês, que até então eu o classificava como intermediário, mas sem fluência alguma. 

Além disso, eu já tinha ficado um mês morando no Canadá quando tinha 15 anos e sempre tive vontade de fazer um intercâmbio mais longo, mas somente depois de acabar a faculdade. Então, em um dia de tédio no trabalho, a ideia me veio na cabeça: estou acabando a faculdade, eh o fim do caminho, o que eu vou fazer agora? 

E a comecei a pensar sobre o assunto… e concluí que o melhor momento para morar fora seria aquele: fim da faculdade, nada me prendia no Brasil (a não ser família e amigos, que são pra sempre), inicio da carreira.. era AQUELE momento que eu tinha pra investir na minha carreira e na minha vida pessoal.”

Intercâmbio na Austrália - Praia

– Houve um processo de pesquisa para a escolha do país/cidade ou você já tinha em mente que seria a Austrália?

“No começo, pesquisei sobre vários países.. comecei pelos EUA! Contudo, eu não estava afim de ser bancada pelo meu pai, e comecei a procurar por um país que permitisse o trabalho, a fim de me manter enquanto estivesse fora. Dentre as opções, eu tinha Austrália, Canadá e Irlanda, que permitem que com o visto de estudante, você possa trabalhar legalmente no país.

Depois de um tempo lendo sobre o assunto, comecei a ir nas agências de intercâmbio pra saber mais detalhes e também pra quantificar quanto sairia essa brincadeira. Tudo isso sem falar pra ninguém. Orcei os 3 países… mas desencanei do Canadá porque eu já tinha estado lá em 2007.

Sobre a Irlanda, eu não me senti muito animada.. Crise na Europa e tal, pensei que talvez fosse ser mais difícil conseguir emprego. Daí me restou a Austrália… que pra mim sempre foi uma coisa muito utópica, longe, cara… e não sei porque, tive um feeling, um amor à primeira vista pelo país.

Depois que decidi que seria Austrália, meu ex-chefe me indicou uma agência especializada só em Austrália, chamada Austrália GO.  Marquei uma visita e fui la conversar.

Acho que escolhi Gold Coast primeiramente por causa da Bond University. Me apaixonei logo de cara e o melhor de tudo era que o preço não era muito diferente das escolas tradicionais de inglês. Ou seja, eu iria estudar dentro de uma universidade, com uma infraestrutura PARADISÍACA, podendo usufruir de tudo (academia, piscina, library, etc etc), por uma diferença de uns 2 mil reais em relação as outras escolas. FORA a qualidade do ensino.”

– Quanto tempo levou desde a ideia inicial até a data da sua viagem?

“Desde a decisão até o dia do embarque, foram aproximadamente um ano e uns meses… Mas isso porque eu me planejei financeiramente e profissionalmente: após ser efetivada, trabalharia mais um ano na empresa para guardar dinheiro e para ter 2 anos de empresa no total. Tive a ideia em Outubro de 2012 e embarquei em Fevereiro de 2014.”

Intercâmbio na Austrália - Surfers Paradise

Intercâmbio na Austrália - Canguru

2. A agência

– Você procurou alguma agência? Qual? Você recomenda?

“Como citei anteriormente, fiz vários orçamentos, mas fui indicada para a Austrália GO, que é especializada apenas na Austrália e o melhor: possui uma agência em Gold Coast!

Com certeza indico. Além disso, estou renovando o visto com eles também!

Muita gente vai por conta própria, ate porque sai mais barato. Mas eu particularmente me senti muito mais segura fazendo tudo pela agência, até porque não manjava nada de intercâmbio!”

– Que tipo de suporte essa agência te dá? No que eles te ajudaram antes de ir e o que ainda fazem por você aí?

“Desde a primeira conversa, eles me mostraram tudo: cidade, escola, como é o processo de trabalho… Eles deram todo o suporte, do começo ao fim. Agora, estou em contato de novo porque estou renovando o visto. E nesse processo eles me mostraram as escolhas e tudo o mais.”

– Que tipo de visto é preciso ter para poder estudar e trabalhar no país?

“Então, com o visto de estudante você tem permissão de trabalhar, mas só durante 20 horas por semana, e sempre estudando (mas se você estiver de ferias, pode trabalhar quantas horas quiser).”

– Quanto custa o visto* e é válido por quanto tempo?

“Visto: 535 dólares – fui na agência e paguei com um cartão de crédito internacional

Despachante: R$100

Exame médico: R$300 

Raio-x: R$80 (nesse caso, consegui uma parcela de reembolso pelo meu tipo de convênio…)

Sedex: R$35

O visto dura o tempo de curso + 1 mês de ferias. Ou seja, paguei 6 meses de estudo e me deram um visto de 7 meses.”

* O visto tem todo um capítulo à parte com um monte de informações detalhadas. Tudo isso virá em outro post!

Intercâmbio na Austrália - Gold Coast

3. O curso de Inglês

– Você resolveu fazer um curso de inglês na Bond University. Por que escolheu essa instituição? No que ela é melhor que outras, na sua opção?

“Quando fui na Austrália GO conversar sobre o intercâmbio, lembro que o Cris me mostrou as escolas de idiomas que a agência trabalhava, dentre as cidades da Austrália. Quando ele me mostrou a Bond, me apaixonei… primeiro porque a infraestrutura é ANIMAL, uma perfeição!! Isso já chama a atenção. Outra coisa que destaca a Bond das outras escolas é que ela é uma universidade, que possui uma escola de idiomas chamada BUELI… Isso diferencia a Bond das outras “escolas normais de inglês”, porque por um custo apenas um POUCO superior do que das outras escolas, podemos usufruir de todo o campus (piscina, library, academia…)!!!

Antes de vir pra cá, eu não sabia o quão superior o ensino da Bond seria perante sobre todas as escolas. Mas desde que cheguei, sempre ouvi falarem muito bem da Bond, e que ela era diferenciada perante as outras escolas.

Não estudei nas outras escolas pra saber, mas só pela infraestrutura da Bond, a BUELI já é vencedora, na minha opinião.”

Intercâmbio na Austrália - Bond University 2

Intercâmbio na Austrália - Bond University 3

Intercâmbio na Austrália - Bond University

– Agora que o curso acabou: qual o balanço que você faz sobre o seu progresso e aprendizado da língua? Achou que valeu à pena?

“Com certeza meu inglês melhorou MUITO… Antes de vir pra cá, era muito insegura com a língua, principalmente no speaking. Fiquei com medo de chegar aqui e não entender nada, até porque diz a lenda que o inglês australiano é o mais difícil de entender.

Mas, no meu caso, me sai muito melhor do que eu esperava… Meu inglês, em 6 meses, se tornou avançado, mas isso devido ao mix do dia a dia e também dos estudos né.

É importante dizer que num intercambio há uma coisa delicada chamada ESTAGNAÇÃO. Todo estudante que chega aqui, seja qual for seu nível de inglês, vai notar uma melhora drástica na língua, mas isso porque vamos aprendendo a nos virar e a nos sentirmos mais seguros… Contudo, se você não estudar POR CONTA PRÓPRIA e pedir para ser corrigido, seu inglês estagna.

Tô falando isso porque aqui, mesmo falando errado, as pessoas te entendem e você consegue se comunicar. Por um lado isso é bom, mas por outro é ruim porque ninguém irá te corrigir. Então, se você mesmo não for atrás de aprender a falar certo, você vai continuar a falar errado pra sempre. Eu, por exemplo, peço sempre pro meu namorado e pra minha ex-hostmother me corrigirem. E quando não sei como falar algo, pergunto a eles. Se eu não fizer isso, nunca vou sair do lugar.”

– Quanto custou** o curso completo?

“Aproximadamente, uns R$12.000.”

** O tema “custo” também virá detalhado em outro post separado.

______________________

E aí, gostaram? Bem detalhado né? Os próximos posts terão as categorias “Moradia” e “Trabalho” (que já está no ar! Clica aqui para ler!); “Dia a dia”, “Família” e “Futuro”. Além disso, como mencionei acima, vamos ter um especial só sobre o visto, explicando todos os processos, como funciona, quais os documentos exigidos e etc. Pra ninguém mais ter nenhuma dúvida!! 🙂