Category Archives: Viagem dos Sonhos!

Viagem dos Sonhos: Abu Dhabi

E de vez enquanto a nossa sessão especial Viagem dos Sonhos aparece por aqui para dar um “oi!”. Tá difícil, gente. Muito trabalho, viagem (looooonga) chegando, mil coisas pra deixar e ordem, outras mil pra providenciar. Enfim. Caos. Mas vamos que vamos, né!

E hoje a nossa Viagem dos Sonhos é para um lugar que, acredito eu, deve estar na lista dos top destinos do mundo: Abu Dhabi, conhecido por ser o recanto dos sheikhs, hotéis caríssimos, puro luxo, grandiosidade e riqueza. #ostentação. Mas o que tem pra ver e fazer por lá? Vamos ver?

Obs.: pra não perder nada do que já foi publicado na nossa Viagem dos Sonhos, clica AQUI!

Abu Dhabi

Antes de tudo, um pouquinho de Geografia pra gente se localizar. Ao contrário do que todo mundo pensa, Abu Dhabi, e não Dubai, é a capital dos Emirados Árabes Unidos e o maior de todos os Emirados. Como dá para ver no mapa abaixo, os EAU fica na Península Arábica e faz fronteira com a Arábia Saudita e Omã. Pela região, dá para imaginar que a religião oficial é o Islã, portanto, é preciso estar sempre atento às leis e regras quando estiver no país.

Abu Dhabi - Mapa

Apesar de bem pequeno e comparação com seus vizinhos, os Emirados são formados por 7 principados. São eles: Abu Dhabi, Dubai, Sharjah, Ajman, Umm al-Qaiwain, Ra`s al-Khaimah e Fujeirah. Ufa! Difícil escrever tudo isso!

Bom, todo mundo no mesmo ponto, vamos às principais atrações?

Ferrari World Abu Dhabi

O que é tão chique quanto uma Ferrari? Em Abu Dhabi fica o famoso e badalado parque da Ferrari. Mas não é qualquer parque. Como eles mesmos se descrevem no site, trata-se do maior parque temático indoor do mundo. Tem de tudo e mais um pouco no Ferrari World Abu Dhabi, e para quem é apaixonado por carros, é um passeio imperdível!

Abu Dhabi - Ferrari World

Sheikh Zayed Grand Mosque

Essa mesquita é de impressionar. Construída em homenagem ao falecido sheikh que dá nome ao lugar e foi o fundador dos Emirados, seus números são impressionantes: pode receber mais de 40 mil fiéis, possui mais de mil colunas e 80 cúpulas e abriga o maior tapete do mundo, que pesa 47 toneladas. Chocante, não?

Abu Dhabi - Sheikh Zayed Grand Mosque

Emirates Palace Hotel

Ok, tirando as poucas pessoas com contas bancárias mais do que privilegiadas que podem se hospedar em um dos maiores hotéis de luxo do mundo, o restante de nós, meros mortais, se contenta em apenas admirar (e não se espante se você reconhecer algumas imagens… Não, você não esteve lá em vidas passadas. É que o hotel foi a locação principal para o filme Sex and The City 2!). O Emirates Palace Hotel é a riqueza em forma de hospedagem. Para se ter uma dimensão, estima-se que foram gastos cerca de 3 bilhões de dólares em sua construção, conta com mais de 1800 funcionários, são usados cerca de 5 kg de ouro puro na decoração de doces e cafés, (preste bem atenção: d-o-c-e-s e c-a-f-é-s), e ah, a diária chega aí nuns US$15.000. Sem mais. Next!

Abu Dhabi - Emirates Palace Hotel

Corniche Abu Dhabi

É a avenida que margeia a cidade e rende um belíssimo passeio. Imagina as selfies lindas que não saem daí?? 😉

Abu Dhabi - Corniche

Yas Viceroy Hotel Abu Dhabi

Chiquérrimo, esse luxuoso hotel fica dentro do Yas Marinan Circuit, local que recebe o circuito de  Fórmula 1. É possível ver o carros passando de dentro dos quartos e restaurantes. Para os amantes do esporte, não há privilégio maior!

Abu Dhabi - Yas Viceroy Hotel

Mercados

Mercado de Peixes, Mercado de Frutas e Verduras Al Mina, Mercado de Tapetes, Al Ain Souk, Souk Al Bawadi, Souk Al Qaws e Souk Al Zafarana. Abu Dhabi tem uma série de mercados de tudo quanto tipo e é uma excelente forma de descobrir a cultura e hábitos locais. Se o tempo estiver limitado, talvez seja mais interessante passear pelo Souk Al Zafarana, que é o mais tradicional e você pode encontrar roupas típicas, incensos, especiarias e mais coisinhas legais.

Abu Dhabi - Souks

_________________

E aí, gente? Quem curtiu? Fazendo a pesquisa para escrever esse post, fiquei ainda mais encantada com o país e MORRENDO de vontade de conhecer. É a cara da riqueza, fala sério… E quem já foi, deixa mais dicas no comentários!!

Viagem dos Sonhos: Cannes

Eu sei, eu sei. Faz tempo que não temos um post dessa sessão por aqui, né? Mas sabe como é… Correria de fim de ano, correria de começo de ano. E o tempo vai passando! Mas chega de lenga-lenga e vamos ao assunto do post: Cannes.

Cannes

Sim, estamos falando da famosa, glamurosa, chiquérrima e badaladíssima cidade que recebe o prestigiado Festival de Cinema e o Leão de Ouro – e até o nome da região francesa em que ela fica é elegância pura: Cotê d`Azur. Mas se engana quem pensa que a cidadezinha só recebe visitantes na época do festival. Durante o ano todo, turistas do mundo inteiro vão curtir suas praias no verão ou esquiar nas montanhas dos arredores, no inverno. Atividade não falta, mas mesmo que você não queria fazer absolutamente nada por lá, tudo bem, também. É só apreciar a vista deslumbrante de cada cantinho do lugar. É de tirar o fôlego.

Cannes - Mapa

Cannes - paisagem

Parênteses: Sempre achei chique essa região da França (Riviera Francesa, Provence, Cotê d`Azur). Quando penso nesses lugares, a imagem que me vem na cabeça são de milionários europeus que vão passar uns dias de férias algumas vezes por ano no sul da França. Com direito a todo luxo, requinte, comida boa e praias lindas e exclusivíssimas. Acho que é por isso que essa é uma das minha viagens dos sonhos. Afinal, quem não quer viver uns dias de magnata, né? 😉

Voltando ao assunto. Cannes realmente tem um ar de chiqueza. Diversos hotéis de luxo, lojas de marcas caríssimas, restaurantes finos estão espalhados pela cidadezinha. E além de se deliciar apreciando essa riqueza toda, é possível fazer uma passeio de barco para as Ilhas de Lérins, que pertence à cidade. Olha só que incrível:

Cannes- Ilhas de Lérins

Mas apesar de todo esse luxo, o que mais me encanta, de verdade, é realmente o cenário. Lindo de morrer. E também o fato de ser possível conhecer várias das cidadezinhas da região (isso, para mim, é fundamental. Tenho aflição de estar em um lugar legal e não poder sair para visitar os arredores. Acho um desperdício!!). Nice, Saint-Tropez, Antibes, Mônaco (que já falamos AQUI), Marselha. Ai ai ai… É muita boniteza para uma região só.

Posso falar qual é meu sonho francês mesmo? É ficar uns dias em Paris, alugar um carro e descer por todo o interior da França até chegar na região da Riviera, e ir pingando de cidade em cidade. Aí, sim, eu realmente poderia morrer tranquila, porque, de fato, teria conhecido a França dos meus sonhos. Quem sabe, né? #oremos

Cannes - Paris-Riviera

Esse seria o trajeto. Nada impossível, hein? 🙂

Viagem dos Sonhos: Bali

A Viagem dos Sonhos dessa semana é mais um desses paraísos na Terra que a gente tem vontade de ir de mala e cuia agora, já, só com passagem de ida! Estou falando de Bali, uma das ilhas mais belas e místicas da Indonésia.

Bali

Banhada pelo Oceano Índico, Bali fica logo ali, perto da Malásia, Singapura, Papua Nova Guiné… sabe? Dá para chegar lá via Europa, Austrália, África do Sul, Tailândia ou China… Fuso horário de 11h! Um tanto quanto longe, mas que vale a pena… Ah, como vale!

Bali - Onde Fica

Como a maioria dos balineses são hinduístas, há templos e oferendas espalhados pelos quatro cantos do lugar. Um dos magníficos templos fica no mar, chamado Templo Tanah Lot. Dá só uma olhadinha e pira:

Bali - Templo Tanah Lot

Para poder entrar nos locais sagrados é preciso vestir saia (os homens também, rs), mas, se por acaso você não estiver com a roupa correta, eles dão a você uma canga roxa com uma faixa laranja amarrada na cintura. Elegante, vai… Não é só a vestimenta das pessoas que tem cores berrantes, não, Bali inteira é muito colorida devido à grande adoração, devoção e rituais aos deuses. É um povo bem alegre!

Bali - Pessoas

Denpasar, a capital, é bastante… movimentada! Carro, moto, galinha, macaco, gente, enfim, todo mundo anda junto e contente por entre as ruas, que não tem farol (sim, deve ser o caos). E, por falar nisso, quem aí gosta de macaco? Lá esses animais são considerados sagrados e é normal vê-los andando pelas ruas… Mas, cuidado, eles podem roubar seu boné! 🙂

Bali - Denpasar

E a gente acha que aqui no Brasil é que vivemos um caos no trânsito! Hahhaha

Mas e as praias? Bali tem cenários azuis lindíssimos, com águas cristalinas de colocar qualquer praia do Caribe no chinelo #mentira #étãobonitoquanto. As prais são um dos principais pontos de atração da ilha. E com razão. Afinal, quem não queria estar, nesse exato momento, sentado em uma dessas cadeiras aí, hein?

Bali - Praias

Bali - Praias 2

Bali - Praias 3

Gostaram? Com certeza, é um desses destinos de se deixar ali na maga… Surgiu uma oportunidade, pá! Hehhe

Quer mais inspiração pra vida? Clica nos links a seguir e veja as outras Viagens dos Sonhos que já passaram por aqui: Aurora Boreal, Nepal, Tahiti, Mônaco, Fiordes Noruegueses, Camboja, Turks e Caios.

Viagem dos Sonhos: Turks e Caicos

A Viagem dos Sonhos dessa semana fica num paraíso chamado Caribe. Até aí, nada de muito exótico, né? Naturalmente, ao ouvir falar em “Caribe”, a maioria das pessoas já pensa em Bahamas ou Curaçao. Tô certa? Mas alguém aí já ouviu falar de Turks e Caicos? Não? Então vamos resolver isso JÁ!

Turks e Caicos

Primeiramente, não se considere a pessoa mais desatualizada e perdida do Planeta por nunca ter ouvido falar nesse conjunto de ilhas de nome bizarro diferente. Afinal, faz pouco tempo que o arquipélago caiu nas graças dos ricos (muito ricos!) e famosos e, consequentemente, chamou a atenção do mundo todo.

Uma pausinha para te atualizar sobre as outras Viagens dos Sonhos. Se você perdeu, é só clicar nos links: Aurora Boreal, Nepal, Tahiti, Mônaco, Fiordes Noruegueses, Camboja

Pronto! E pra matar um pouquinho a curiosidade… Dá uma espiada nesse mar:

Turks e Caicos - Vista

Demais, né? Eu me lembro de ter visto esse nome pela primeira vez faz alguns anos, em um mapa enorme que ficava pendurado na loja de mergulho do meu pai, mostrando os principais destinos para a prática do esporte para os quais a empresa organizava viagens. E lá estava Turks e Caicos. 🙂 Achei estranho, achei diferente, achei interessante. E claro, nunca mais me esqueci dele.

Mas vamos ao que interessa. Turks e Caicos fica em um lugar privilegiado no mar do Caribe. Pra começar, está a cerca de 1h30 de vôo de Miami (o que explica, também, a invasão de turistas americanos e o dólar como moeda corrente, apesar de ser território britânico); à esquerda, temos Cuba; um pouco mais pra cima, Bahamas e, logo abaixo, Haiti e República Dominicana. Só o filé, né? 😉

Turks e Caicos - mapa

O arquipélago é formado por cerca de 40 ilhas, a maioria delas com nomes nada muito criativos: North Caicos, South Caicos, East Caicos, West Caicos, Middle Caicos, Grand Turk (onde fica a capital, Cockburn Town). Entretanto, a principal, mais populosa e destino preferido dos turistas é a ilha de Providenciales (Provo, para os íntimos!).

Em Provo, as praias de Blue Hills e Grace Bay são as mais badaladas. Passeios de barco, mergulho, caiaque, stand-up paddle são algumas das atividades mais procuradas na região. E não é pra menos, né? Com esse mar… Afe!

Turks e Caicos - Esportes

Turks e Caicos - Grace BayMas se o objetivo mesmo for ter um pouco de paz, sossego e privacidade, aí o melhor é se hospedar no chiquérrimo Amanyara Villas Resort. David Beckham, Kaká, Oprah Winfrey e Bill Gates são um dos sortudos milionários que já passaram uns dias por lá. Dá pra perceber que não é pros fracos, né?

No site do hotel, a diária do quarto mais simples na baixa temporada COMEÇA em US$1.350. Achou muito? A suíte mais cara, na alta temporada, custa singelos US$30.000 por dia. T-r-i-n-t-a m-i-l DÓLARES. TRINTA MIL. DÓLARES! Por DIA! Espia só:

Turks e Caicos - Amanyara____________________

Apesar de parecer um destino inalcançável (com exceção do Amanyara, que realmente é! rsrs), cerca de 10% dos turistas que frequentam as ilhas são brasileiros. Aos poucos, Turks e Caicos vem se tornando cada vez mais uma belíssima opção para umas férias caribenhas.

E ai? Quem se anima?

*Todas as imagens foram retiradas dos sites Turks and Caicos Islands e  Amanyara Villas Resort.

Viagem dos Sonhos: Camboja

Como eu expliquei no primeiro post de “Viagem dos Sonhos”, nessa sessão, uma vez por semana, eu vou escolher um (dos vários!) lugar que eu tenho muita curiosidade/vontade/tara de conhecer (clique aqui para ver os outros posts dessa sessão). E, geralmente, esses lugares são um tanto exóticos. Quero MUITO conhecer Paris, por exemplo… Claro! Mas quando penso em Viagem dos Sonhos mesmo, sempre me vem aqueles lugares mais bizarros… Hehehe #adoro

CambojaPois bem. A Viagem dos Sonhos dessa semana é para o Camboja. Conhece? Já ouviu falar? Não? Bom, o Camboja é um país relativamente grande (o 88º maior do mundo em área) localizado na Ásia, ali entre a Tailândia e o Vietnã (eu disse que era exótico! rsrs). Mas não se espante se você nunca ouviu falar dele ou soube da sua existência apenas recentemente.

Durante muitos anos, o país foi alvo de bombardeios americanos na ápoca da Guerra do Vietnã e, também, palco de um dos maiores genocídios do mundo. Assassinatos em massa, campos de concentração. Foi um verdadeiro horror. Quase metade da população foi dizimada. Por isso, o país levou um tempo para se reerguer, a população se recuperar desse trauma recente e, só então, pôde se abrir para o turismo e crescer aos olhos do mundo todo.

Camboja - mapaFaz tempo que tenho o país na cabeça, como destino dos sonhos… Acho que foi porque uma vez, conversando com um amigo na hora da aula época do colégio, ele falou para um dia a gente ir para o Camboja! Tipo, “Oi?” Hahaha. Ele, então, me mostrou algumas fotos belíssimas de praias incríveis. Pirei na hora né? Tenho quase certeza que essa foi a primeira vez que ouvi falar desse lugar, e não o tirei mais da cabeça… Hehehe. Além disso, muito anos depois (acho que em 20…10? 11?) meu pai foi pra lá também, o que atiçou ainda mais minha curiosidade 🙂

Camboja - praias

Mas vamos ao que interessa… Em minhas pesquisas sobre o Camboja, além das belas praias, o que mais me chamou a atenção (não só minha, mas de turistas do mundo todo) foram as ruínas de Angkor Wat, considerado o maior edifício religioso do mundo, reunindo mais de mil ruínas de templos. Imagina? As fotos são i-m-p-r-e-s-s-i-o-n-a-n-t-e-s. Dá só uma olhada… E vê se eu não estou certa de querer visitar o país?? 😉

Camboja - Angkor Wat

Camboja - Ruínas de Angkor Wat

Demais né? Fiquei dois pra conhecer o Angkor Wat! O único porém é que, pra ir até o Camboja são necessárias, no mínimo, duas escalas e vôos beeeem longos… Mas compensa, não? 😉

Viagem dos Sonhos: fiordes Noruegueses

Boba, eu, né? Ter como Viagem dos Sonhos a Noruega? Ah vá! Hehehe. O fato de que Noruega é um país lindo, desenvolvido, rico, seguro e cheio de história pra contar, não é novidade pra ninguém. Mas o que mais me chama atenção e atiça minha curiosidade em conhecer o país são os famosos fiordes noruegueses.

Fiordes Noruegueses

Fiordes são vales estreitos, fundos e ladeados por paredões altíssimos esculpidos na última era glacial. Imensas geleiras ocupavam esses espaços e, ao derreter, formaram esse “canais” gigantes, que foram invadidos pela água do mar. Resumindo: paisagens estonteantes de tirar o fôlego.

Os fiordes não existem somente na Noruega, mas também na Rússia, Patagônia, Canadá e Alasca (sempre lugares muito frios!) e são sempre atrações turísticas muito procuradas. Mas os fiordes que eu gostaria de conhecer primeiro são os noruegueses. Eita lugar bonito!

Fiordes Noruegueses - mapa

O fiorde Sognefjord, por exemplo, é o maior do país, como 205 Km de extensão e mais de 1300 de profundidade. O Naeroyfjord, um dos braços do Sognefjord, é tido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Não é pouca coisa não!

Fiordes Noruegueses - Sognefjord

Fiordes Noruegueses - Sognefjord 2

Fiordes Noruegueses - Naeroyfjord

Geirangerfjord também é um fiorde classificado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade e é um dos mais populares da Noruega. Centenas de cruzeiros passam por ali todos os anos levando milhares de turistas para a região. 

Além dos fiordes em si, uma das coisas que mais me chamam atenção são as cidadezinhas e vilarejos que existem pelo caminho. Vilas bem pequenas e que vivem na pesca e agricultura, mantendo vivas a cultura e tradição norueguesas. Acharia simplesmente incrível poder ver um lugar desses de perto!

Mas nem só de fiordes imensos se faz a Noruega. Cachoeiras de águas cristalinas são sempre uma bela surpresa pelo meio do caminho. Um exemplo disso são as De Syv Sostre, que em português claro significam Cachoeira Sete Irmãs. Elas tem esse nome porque são sete quedas d’água caindo uma ao lado da outra, a mais de 400 metros de altura, formando uma paisagem curiosa e muito bonita:

Fiordes Noruegueses - De Syv Sostre

Outra cachoeira famosa do país é a Likholefossen, onde uma ponte passa praticamente dentro da queda e rende fotos lindíssimas!

Fiordes Noruegueses - Likholefossen

O Parque Nacional de Jostedalsbreen é outro ponto tem-que-ir. O lugar, com 1300 km² de extensão, abriga o maior glaciar da Europa, com cerca de 800 Km². Dá só uma olhada na dimensão da coisa toda…

Fiordes Noruegueses - Jostedalsbreen

__________________________

Incrível, né? Apesar desses nomes difíceis de falar e cheios de consoantes, a Noruega possui a simplicidade de uma vida tranquila em meio à natureza, aliada à modernidade das cidades grandes. Quem sabe um dia… 🙂

__________________________

Veja mais lugares incríveis da nossa Viagem dos Sonhos:

– Aurora Boreal

– Nepal

– Tahiti

– Mônaco

Viagem dos Sonhos: Mônaco

Vamos supor que eu pudesse escolher agora um lugar que eu gostaria de morar e mudar de mala e cuia pra lá. Já. Tipo pá-pum. Isso sem pensar em deslocamentos, bagagens, custo de vida e outras coisas. Simplesmente escolher o lugar – entre tantos que esse mundo tem – que adoraria passar o resto da vida e #partiu!

Mônaco

Bom, sem dúvida, pensaria em locais que proporcionassem um alta qualidade de vida. Alta, não. Altíssima. Para mim isso é imprescindível, e acesso à uma boa educação, saúde e transporte fazem parte do pacote. E segurança, claro. Poder andar sem pressa na rua. De noite. De dia. Sozinha. Acompanhada. Sem neura de ficar atenta aos meus pertences o tempo t-o-d-o (quer coisa mais chata?). Um lugar que eu pudesse andar facilmente à pé ou de bicicleta por aí.

Também teria que ser agitado o suficiente para não ser boring, mas tranquilo o suficiente para não ser caótico. Ah, e teria que ser um lugar bem próximo à natureza. Preferencialmente, praia. Quanto ao clima? Prefiro lugares quentes. Adoro calor e detesto frio. Mas isso não seria um impeditivo pra nada. Acho que optaria por uma cidade com estações mais bem definidas, sabe? Um verão quente, um inverno frio – mas nem tanto, ok? E nada de neve. Prefiro deixar isso para as férias.

E quando penso em tudo isso, o lugar que mais se encaixa nesses meus pré-requisitos (que não são nada de extravagantes, né? Vamos combinar…) é Mônaco. Sim. Aquele que tem a corrida de Fórmula 1. Aquele que é o segundo menor país do mundo com seus gigantescos 2 Km² de extensão (atrás somente do Vaticano). Aquele conhecido por abrigar (bi) milionários do mundo todo. Aquele que é famoso por ser paraíso fiscal. Aquele onde as fotos aéreas mostram iates maiores que uma casa. Aquele que fica no estonteante sul da França, banhado pelo Mar Mediterrâneo e pertinho ali da divisa com a Itália. Bem aqui, ó:

Mônaco - Mapa

Minúsculo!!

É gente. Se eu pudesse escolher, j-u-r-o que me mudaria para Mônaco. Acho a combinação perfeita entre vários dos elementos que eu citei acima (não sei se todos né, mas booooa parte com certeza). Quer babar um pouquinho também?

Mônaco - Vista mônaco-vista-2 mônaco-vista-3 mônaco-vista-4

Mônaco - Hotel de Paris

Entra do chiquérrimo Hotel de Paris 🙂

Mônaco - Lanchas

Mônaco - Rochedo

Rochedo de Mônaco

Mônaco - Cassino de Montecarlo

O badaladíssimo Cassino de Montecarlo

Mônaco - Grand Prix

O país em dia de Grand Prix de Fórmula 1

Ufa! Deu pra ter um gostinho do que eu estou falando, né? Obviamente, pelo que dá para notar pelas fotos, o custo de vida no país é altíssimo. Mas assim, se é pra morar com esse visual e ter uma vida boa e tranquila, acho que vale o sacrifício, não? 😉

Para saber mais sobre o que ver e fazer no país, visite o site oficial (em português!).

__________________

Veja mais lugares incríveis da nossa Viagem dos Sonhos:

– Aurora Boreal

– Nepal

– Tahiti

Viagem dos Sonhos: Tahiti

Ai ai… A Viagem dos Sonhos dessa semana é um lugar que me faz ter mini ataques cardíacos toda vez que eu vejo fotos sobre. O Tahiti é meu sonho de consumo, sabe? É “O” lugar que eu queria passar a minha lua-de-mel #quemsabe #oremos. É uma viagem dos sonhos MESMO, no mais puro sentido do termo.

Tahiti

Gente, O QUE SÃO aqueles bangalôs que ficam no meio do mar? Sobre aquelas águas tão cristalinas que a gente acha que é montagem de photoshop? Afe… Juro, me dá siricutico só de me imaginar num lugar como aquele!

O Tahiti fica na Polinésia Francesa, uma ilha perdida e isolada lá nos cafundós do Oceano Pacífico, entre a Austrália e a América do Sul (vide mapa abaixo). A distância acaba tornando a viagem longa e encarece um pouco o valor das passagens, mas se procurar bem e ficar de olho em algumas datas e promoções, até dá para encontrar preços mais amigáveis – principalmente se for fora da época de surfe, que vai de Setembro a Abril.

Tahiti - Mapa

Os principais voos para a ilha geralmente tem como destino o Aeroporto de Fa’a, próximo à Papeete (principal cidade do Tahiti). O voos que partem de São Paulo, por exemplo, geralmente tem 2 ou 3 escalas, e a viagem pode durar até cerca de 40 horas (outch!). Só a título de curiosidade, em uma pesquisa super rápida no Decolar, achei passagens que variam entre US$1.300 e US$8.000. Por isso que é importante PESQUISAR, hein!

Os resorts pé na areia são o principal destino para aqueles que conseguem se aventurar no paraíso e querem relaxar e curtir as paisagens de tirar o fôlego. Mas para quem gosta de um pouco mais de adrenalina e quer aproveitar tudo o que o mar tem de melhor, mergulho, surfe, kitesurfe, windsurfe e outros também são uma excelente pedida, e super procurados.

Em Papeete, é possível mergulhar para ver o cultivo de ostras que produzem pérolas (as chamadas fazendas de pérolas) e, claro, comprar algumas jóias e objetos ornamentados. De fato, é um passeio muito diferente e que TEM QUE fazer!

Agora vamos às fotos. Prepara o coração!

Tahiti - Vista

É isso. Essa é a imagem que resume meu sonho – e justifica meus mini ataques cardíacos.

Tahiti - Bangalô

Tahiti - Barco

Tahiti - Corais

Tahiti - Praia

É aí que eu quero ficar. Serve qualquer um.

Tahiti - hotel_______________

É galera… Bora começar a juntar uma graninha aí… 😉

 

Viagem dos sonhos: Nepal

E a Viagem dos Sonhos dessa semana (viu o da semana passada já? Então clica aqui!) é um lugar um tanto quanto exótico, mas fascinante. Aliás, a maioria das minhas viagens dos sonhos são para lugares assim. Obviamente quero muito conhecer Paris e Barcelona, por exemplo, mas sei lá, esses países diferentes, com culturas diferentes me atraem muito!

O que fazer no Nepal

Enfim, voltando de onde paramos… Tô falando no Nepal, um país pobre e pequenininho que fica espremido entre as gigantes China e Índia.

Quando fala em Nepal, automaticamente me vem na cabeça monges budistas e a Cordilheira do Himalaia. Hehehe. Mas não é para menos. É no país que nasceu Sidartha Gautama, o Buda, e onde fica o mais alto pico da Terra, o Monte Everest, com 8.848 metros de altitude.

O que fazer no Nepal - Mapa

Simplesmente, m-o-r-r-o de curiosidade de conhecer a região. Montanhas de gelo, natureza estonteante e uma cultura riquíssima e super diferente fazem do Nepal um país bastante procurado por turistas aventureiros do mundo todo, apesar da precária infra-estrutura para recebê-los.

E você saber O QUE TEM pra fazer e ver no Nepal? pensar de pequeno, o país é cheio de surpresas e paisagens sensacionais! Dá só uma olhadinha nesses exemplos aqui:

– visitar o templo budista de Swayambhunath, que fica no Vale Kathmandu (a cidade homônima é a capital do país e o Vale é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO);

Templo Swayambhunath Templo Swayambhunath Templo Swayambhunath

– conhecer a pequena e encantadora “cidade-lago” de Pokhara, também conhecida como a “cidade dos 7 lagos”, graças aos vários lagos que rodeiam a cidade, além de diversas montanhas geladas, cavernas, cachoeiras e templos incríveis;

O que fazer no Nepal - Pokhara O que fazer no Nepal - Pokhara 2 O que fazer no Nepal - Pokhara 3

– passear por Lumbini, cidade natal de Buda e de gigante importância arqueológica e religiosa. Visitar o The China Temple, imenso templo religioso, e o Jardim Sagrado, onde de fato nasceu Buda, é um dos principais pontos que mais atraem turistas para a região, sendo esses budistas ou não;

O que fazer no Nepal - Lumbini

O que fazer no Nepal - Lumbini 2

O que fazer no Nepal - Lumbini 3

– fazer rafting que duram dias nas águas de degelo do Himalaia (deve ser o MÁXIMO);

O que fazer no Nepal - Rafting

O que fazer no Nepal - Rafting 3

– curtir safáris inusitados no lombo de elefantes nos parques Nacional Chitwan e da Reserva de Vida Selvagem Koshi Tappu.

O que fazer no Nepal - Parque Chitwan

O que fazer no Nepal - Parque Chitwan 2

– e claro, para os mais malucos aventureiros, fazer a tão sonhada escalada ao Monte Everest. Quem arrisca???

O que fazer no Nepal - Everest

O que fazer no Nepal - Everest 2

O que fazer no Nepal - Everest 3

__________________

Vale a visita, hein? 😉

Viagem dos sonhos: Aurora Boreal

Estamos inaugurando hoje uma nova sessão aqui no Blog, chamada “Viagem dos Sonhos”. Yayyyy! Uma vez por semana, vou trazer um dos lugares que eu mais gostaria de conhecer no mundo! Do tipo, se eu tivesse todo o dinheiro do mundo e pudesse ir para qualquer lugar do planeta, para onde seria? Vixe… Tenho uma lista i-n-f-i-n-d-á-v-e-l! Hahahah

Aurora Boreal

E a viagem dos sonhos que escolhi para abrir essa sessão foi… ver a Aurora Boreal! Tá, eu sei que isso não é exatamente um lugar – esse fenômeno acontece em vários países que ficam na região polar, como Islândia, Noruega, Suécia, Groelândia, Alasca, Escócia e outros mais -, mas sempre achei incrível o espetáculo e acho que deve ser uma das coisas mais bonitas que a natureza faz na Terra.

E sei lá, acho sensacional a viagem que tem que ser feita para poder ver uma Aurora Boreal…  É preciso viajar pra longe, muito longe. É sempre em regiões BEM frias. Geralmente, locais afastados e pouco habitados. E são países um tanto exóticos, também! Seria incrível poder conhecer qualquer um desses países onde a chance de ver a Aurora Boreal é maior. Mas é preciso ter paciência, pois não tem como saber dia e horários exatos, a não ser o fato de que é no inverno!

Olha só essas fotos… Parece até montagem!

Aurora Boreal - Lago aurora-boreal-vista

Aurora Boreal - hotel

Aurora Boreal - Rosa

Aurora Boreal - Casa

_______________

E para você? Qual é SUA viagem dos sonhos?? 😉