Category Archives: Stratford-upon-Avon

Stratford-upon-Avon: o que fazer, onde ficar e como chegar

Stratford-upon-Avon é uma cidade pequenininha localizada na região das Cotswolds, interior da Inglaterra. Ela poderia ser apenas mais uma das várias cidadezinhas minúsculas com hífen no nome que existem na vizinhança, como Burton-on-the-Water, Moreton-in-Marsh, Stow-on-the-Wold e muitas outras. Mas Stratford tem um “algo a mais”, que atrai milhares de turistas ao longo do ano. É a terra natal de William Shakespeare.

Stratford-upon-Avon - Welcome

Se puder, não deixe de visitar Stratford-upon-Avon. A cidade mantém o clima antigo e o estilo de construção da época de Shakespeare (meados do século XVI). Parece uma maquete, uma cidade de boneca. É tudo muito arrumadinho e bem conservado. Mistura muito bem o ar interiorano de séculos atrás com as facilidades e modernidades de hoje em dia.

2 dias na cidade são suficientes para conhecer todos os pontos turísticos com calma. Se tiver tempo, reserve um dia a mais e faça um bate-e-volta para outra cidadezinha ali perto. No final do post eu falo mais sobre isso.

Vamos ver como chegar, onde ficar e o que fazer!

Dica: clique nas fotos para ampliá-las 😉

______________________

Como chegar

Chegar na cidade não é problema. Pegamos um trem em Oxford e descemos na estação de Strarford-upon-Avon, bem próxima ao centro (aliás, quase tudo é bem próximo ao centro…). Tivemos que ir à pé para o nosso hotel porque o taxista não quis nos levar, devido à curta distância hehehe. Realmente, foram apenas 10 minutos,  mas que parecem uma eternidade quando a gente tem que puxar uma mala gigante com uma mochila pesada nas costas pela rua 😉

Para quem for de carro, é melhor parar no bolsão de estacionamento que existe logo na entrada da cidade. Na Inglaterra como um todo, a prioridade definitivamente não é carro (e vamos combinar que não deveria ser aqui no Brasil também, né?), por isso, achar estacionamento ou vaga na rua é a maior dificuldade. E não porque é lotado, mas porque simplesmente não tem!

É mais chato se locomover entre as cidadezinhas de ônibus e trem, por isso um carro acaba sendo a melhor alternativa. Mas quem quiser, como a gente, dá para fazer tudo à pé ou de ônibus, sim. Tranquilamente.

______________________

O que fazer

– Visite o circuito Shakespeare.

1. Holy Trinity Church, igreja onde Shakespeare foi batizado e enterrado. Grande parte dela é dedicada a contar mais sobre a vida do poeta, como fotos, fatos e cronologia. Além de term os túmulos dele e da esposa. Imperdível!

Stratford-upon-Avon - Igreja2. Hall’s Croft, a casa onde viveu a filha de Shakespeare com seu marido. A casa toda é muito conservada, sendo que boa parte da construção e dos objetos são originais. Mesas, utensílios, camas, armários, cadeiras. Tem tudo lá.

Stratford-upon-Avon - Hall's Croft3. Nash’s House & New Place, a casa onde o poeta viveu seu últimos anos. Além disso, há no quintal uma área de escavações onde foram encontrados objetos importantes de Shakespeare. E não deixe de ir nos jardins no fundo da casa, é a coisa mais linda!

Stratford-upon-Avon - Nash's House4. Shakespeare’s Birthplace, a casa onde ele nasceu e hoje funciona como uma espécie de museu. Fica bem no centro e tem muita coisa interessante!

Stratford-upon-Avon - Birthplace5. Anne Hathaway’s Cottage, a fazenda onde morou a família da esposa do poeta. Sem dúvida, uma das atrações que mais gostei em Stratford-upon-Avon. Tem uma espécie de guia que te explica tudo o que você quiser saber sobre o lugar e os hábitos e cultura da época (só se você quiser, claro). E o jardim? ESPETACULAR. Não deixe de ir!!!

Stratford-upon-Avon - Cottage

– Faça um passeio de barco pelo rio Avon.

O rio corta a cidade e passa ali, bem no meio da pracinha central. A água é cristalina e as margens são limpíssimas, mesmo não havendo nenhuma cerca ou muro de proteção. Bem na praça ficam uns barquinhos parados e uma placa com os próximos horários de passeio – que duram uma meia hora. É só chegar lá, esperar pelo próximo barco e pronto!

Stratford-upon-Avon - Rio Avon

O ingresso custou cerca de 11 libras por pessoa, e o pagamento é feito durante o passeio (e não aceita cartão, ok? Só dinheiro!). O barco é muito bem arrumado e limpo. Boa parte dos bancos ficam na parte coberta, já que a chance de estar ventando ou garoando é grande. O roteiro é bem simples: uma volta para um lado e para o outro da praça. Mas é muito bacana! Tem várias casas enormes na margem do rio que é um espetáculo de olhar. É aquele típico rolê tranquilo, para admirar a paisagem e descansar.

– Passe horas andando pelas ruas do centro.

Escolha uma rua e vá. Saia andando. Sem destino, sem pressa. Olhe as vitrines, entre nas mil lojinhas de souvenirs. Atravesse o rio para o outro lado, depois volte. Fique na pracinha olhando o rio e o movimento das pessoas. É uma excelente maneira de recarregar as energias, pode ter certeza!

– Faça um bate-e-volta para alguma das cidadezinhas da região.

Eu fui para Burton-on-the-Water em me APAIXONEI! É conhecida como “a Veneza das Cotswolds” por causa do rio que corta a cidade. Parece uma cidade de boneca, juro! Super pequena, é super limpinha e organizada. Uma parada para um almoço ou chá da tarde é suficiente. Mas ande. Ande por tudo. Tem bairros residenciais que parecem de filme! As casas não tem muro, nem cerca, nem portão. Mas tem muitos jardins e flores por todos os cantos. É uma das cidades mais lindas que já vi. Um sonho! PS.: dá pra voltar já???

Stratford-upon-Avon - Burton

Para chegar lá, pegamos um ônibus no centro de Stratford, descemos em Moreton-in-Marsh e pegamos outro para Burton-on-the-Water. Parece complexo mas não é! Só é um pouco demorado, levamos cerca de 2 horas, mas compensa muito quando você chega no destino final! Fora que a paisagem do caminho todo é espetacular! A gente acaba passando dentro de várias cidades…. Uma mais linda que a outra, um encanto!

Se estiver de carro, é bem mais rápido, com certeza. Pergunte no centro de informações que eles indicam o melhor caminho. São super atenciosos e solícitos!

______________________

Onde ficar

Recomendo MUITO o The Legacy Falcon Hotel. É maravilhoso! A decoração não chega a ser exatamente rústica, mas tem um ar de casa de campo, uma pegada de interior com um quê de elegância. Acho que as palavras que melhore definem o hotel são: conforto e elegância. A diária custou cerca de 150 libras em um quarto para duas pessoas. Ficou bem na média do que gastamos nos demais hotéis.

Os quartos são super aconchegantes e espaçosos. O café da manhã tem várias boas opções e tem até garçom perguntando se você quer um pão torrado – branco ou integral – que eles preparam na hora e te levam na mesa. O restaurante serve um jantar espetacular, vele à pena comer por lá.

Stratford-upon-Avon - hotel

A localização também é excelente. Alguns quarteirões para a esquerda e você chega no centro e na pracinha. Andando para a direita, fica a casa do Shakespeare e, mais um pouquinho, a Igreja onde ele foi batizado.

Na verdade verdadeira, acabamos caindo nesse hotel meio que no desespero! Quando fiz a reserva para Stratford, não percebi que reservei um quarto de uma casa (isso é muito comum por lá, mas eu não estava habituada!). Ao chegar lá, fomos atendidas pela dona da casa – de pijama. Só para resumir: havia dado problema no meu cartão e a reserva não foi confirmada. #shithappens! Depois de olhar os aposentos, não gostamos muito e preferimos procurar outro hotel (de verdade, dessa vez). Acessei o Booking.com e na hora reservei um quarto no The Falcon, que era ali perto. E pronto! Decisão mais do que acertada!!

 

É isso gente! Espero que tenham gostado das dicas! E, sinceramente, não deixe de conhecer Stratford-upon-Avon se tiver oportunidade. Nem que for por apenas um dia 😉

 

+ Mais sobre o Reino Unido:

Stonehenge, clique aqui.

– Dicas de roteiro em Londres, clique aqui.

– Castelo de Windsor, clique aqui

– Lago Ness, na Escócia, clique aqui!

*Fotos: arquivo pessoal e site do hotel