Tag Archives: castelos

“Por que Alemanha?” e o Castelo de Lichtenstein

E quem aí não é apaixonado por castelos, hein? Ainda mais os de conto de fada? S2 Pois é, minha gente, o “Por que Alemanha?” dessa semana fala sobre o famoso Castelo de Lichtenstein, também chamado de Castelo do Conto de Fadas… Só por esse “apelido” já dá pra perceber que que coisa boa, né?

Quem estiver passando pela região de Stuttgart e vizinhança, não pode deixar de fazer uma paradinha no castelo. É imperdível! Mas chega de falação e vamos logo ao que interessa? Com vocês, Chris Rogatto!

Obs.: quem quiser ler sobre mais cidades e pontos turísticos super incríveis da Alemanha, clique AQUI e veja todos os posts sobre o assunto!

Por que Alemanha? - Castelo de Lichtenstein

“Hoje vamos passear pelo encantador Castelo de Lichtenstein, em Baden Württemberg!

AVISO IMPORTANTÍSSIMO: não confundir o Castelo de Lichtenstein, situado em Reutlingen em Baden Württemberg, com o pequeno país Lichtenstein !!

O Castelo de Lichtenstein também é chamado de Castelo do Conto de Fadas, o que faz muitas pessoas o confundirem com o Castelo de Neuschwanstein em Munique (que foi o inspirador de Disney para o desenho A Bela Adormecida). E realmente ao entrar no castelo você se sente em um verdadeiro conto de fadas.

Eu sou uma verdadeira amante de castelos e na minha lista de favoritos já têm inúmeros. O Castelo de Lichtenstein entrou pra essa lista e é sem dúvida um passeio imperdível para quem mora na região de Baden-Württemberg ou planeja passar alguns dias por aqui.

Esse castelo fica situado sobre um penhasco nas montanhas suábias (Schwäbiche Alb) na região de Reutlingen, ao lado de Tübingen. Eu não sei você, mas quando eu vejo um castelo muito antigo como esse, fico pensando na história que ele carrega, inclusive como eles conseguiram construí-lo em um lugar tão fantástico. Incrível!

Castelo de Lichtenstein

Entre 1150-1180, partes do castelo foram construídas pelo Povo Pedra da Luz (Povo Lichtensteiner), daí a origem do nome. O chamado Castelo Pedra da Luz assim é denominado porque foi construído com pedras que brilham ligeiramente. De dentro dos aposentos, isso fica mais evidente. 

A sua primitiva construção foi destruída duas vezes, em 1311 e em 1381 e após a segunda vez o castelo caiu em desuso. Felizmente, em 1802 o Rei Frederico I de Württemberg, construiu lá um pavilhão de caça e em 1837, foi passado para o seu sobrinho, o duque Wilhem I de Urach. Ele construiu o castelo entre os anos de 1840 e 1842 e é esse, que tive a oportunidade de visitar. O castelo ainda é propriedade da família Urach. Construído em estilo romântico neo-gótico, ele tem uma torre bem alta, belos jardins e objetos de coleção do duque de Urach, como armas, armaduras e quadros.

 O castelo é lindo e sua localização é fantástica.

Castelo de Lichtenstein - inverno

Pra quem gosta de andar assim como eu, existe uma trilha bem sinalizada que leva até o castelo. A trilha é bem estreita, tem umas partes complicadas e não muito seguras e eu não aconselho segui-la quando estiver nevando. Na primavera e verão é tranquilo, mesmo com um pouco de chuva. Tudo o que você vai precisar é de sapatos apropriados, disposição e sua câmera, pois a paisagem é de tirar o fôlego.

Comparado com outros castelos famosos ele é o menor que já visitei na Alemanha, mas isso não o faz menos impressionante. Além disso, a sua construção foi inspirada em um livro, o romance “Lichtenstein” de Wilhelm Hauff, escrito em 1826. Eu não li o livro ainda, mas está na minha lista de leitura. Estou curiosa para descobrir como um livro pode inspirar essa admirável estrutura neo-gótica.

Para fazer o download gratuito do livro, clique AQUI  (em inglês).

Mais um motivo para eu super-recomendar esse passeio.

Castelo de Lichtenstein - 3

De Stuttgart a viagem leva apenas 1 hora. O tour básico dentro do castelo é de 30 minutos e custa 6 euros para adultos e 3 para crianças, mas é somente em alemão.

Achei este filme no youtube, se você tiver um tempinho a mais, recomendo assisti-lo e assim conhecer mais de perto esta beleza:

>> Por que Alemanha?

– Porque a grande maioria dos alemães tem sempre um livro na mão, seja no trem, no parque, na parada de ônibus… eles estão sempre lendo.