Tag Archives: Hamburg

O que fazer em Hamburg, Alemanha!

Se você está planejando uma viagem para a Alemanha e está considerando passar por Hamburg, preste muita atenção nesse post. A Chris, amiga querida que mora na Alemanha e escreve a nossa coluna semanal “Por que Alemanha?”, fala hoje sobre a cidade e mostra o que fazer em Hamburg – sempre sob uma ótica muito especial, diferente de qualquer informação que você vá achar por essa internet de meu Deus. Im-per-dí-vel!

No post anterior (clica aqui pra ler!), ela falou sobre o famoso Porto de Hamburg, e agora  continua com a parte turística da cidade – pra você ver como o assunto rende! Sem mais lenga-lenga, vamos ver o que fazer em Hamburg e querer arrumar as malas pra lá já!!

“Alemanha – Hamburg turístico            

Possui 1.753.380 habitantes.

Distância de Stuttgart: 605 km

Água, água e mais água, este é o seu elemento determinante. Hamburg sem o Rio Elba, sem o lago Alster – inconcebível.

Em um post anterior introduzi o porto de Hamburg. Embora o porto fique localizado no centro da cidade, e é simplesmente interessantíssimo, Hamburg ainda tem muito a oferecer.

Speicherstadt

Com seus galpões de tijolos vermelhos, renovados, junto a modernas e ambiciosas estruturas de vidro e aço, são cortados por canais e pontes, este bairro histórico é repleto de museus, cafés e lofts de luxo. Estas construções eram usadas para armazenar mercadorias de alto valor, como café, chá, cacau, temperos e tabaco.

O que fazer em Hamburg - Speicherstadt

Atualmente, grande parte do distrito de depósitos comercializa tapetes orientais. Caminhe pela região ao anoitecer, os prédios e pontes recebem uma iluminação suave, refletida nos canais.

Um charme, que recentemente foi considerado patrimônio histórico pela UNESCO.

Hafencity

Partindo de Speicherstadt, você pode explorar Hafencity, segunda etapa do maior projeto de construção em desenvolvimento na Europa, que inclui o famoso prédio da Filarmônica do Elba, ainda em construção. Hafencity não pára de crescer e mostra o melhor da moderna Hamburg.

O que fazer em Hamburg - Hafencity

Miniatur Wunderland (país das maravilhas das miniaturas)

Uma das atrações turísticas mais visitadas na Alemanha, com cerca de um milhão de visitantes por ano.

O que fazer em Hamburg - Wunderland

Trens, aviões e automóveis viajam por diversos cenários em miniatura, cuidadosamente  manufaturadas, reproduzindo aspectos como os gelados fiordes noruegueses e as ruas iluminadas por neon em Las Vegas. São mais de 6.400 m2 de área com quase 9.000 carros de miniatura e 215.000 “Wunderlanders”, como são chamados seus pequenos habitantes.

Mercado de peixes

Um ótimo lugar para se visitar em uma manhã de domingo em Hamburg. Desde 1703 oferece frutas exóticas, flores, chás e utensílios domésticos junto com peixes frescos, neste mercado a céu aberto.

O que fazer em Hamburg - Mercado de Peixes

Mas não deixe de conferir o salão de leilão, bem ao lado do mercado. Atualmente nenhum peixe é leiloado, mas você encontrará cerveja à vontade e música ao vivo, bem como clientes bebendo e dançando mesmo nas primeiras horas da manhã de domingo. A entrada é gratuita, mas venha com dinheiro pois a maioria das barracas não aceita cartões.

Região central de Hamburg

 Aqui o coração da cidade comercial bate mais forte. No centro da cidade encontramos edifícios comerciais modernos, pois muitas das construções medievais foram destruídas no grande incêndio de 1842 ou reduzidas a entulho durante a II Guerra Mundial.

O que fazer em Hamburg - região central

 

 

O “Jungfernstieg” de frente ao lindo lago “Alster”, elegante local de partida para a região central, há séculos tornou-se o ponto de encontro mais conhecido da cidade. Naquela região concentram-se lojas e bancos. Planeje chegar ao Jungfernstieg bem cedo, e sinta o flair da Hamburg, admirando o Alster e tomando um café no terraço do Alex Alsterpavillons. Depois deste delicioso inicio de dia, caminhar pelas largas ruas e lindas vitrines de suas elegantes lojas…. sim, você poderá agora falar que está em Hamburg.

Prédio da prefeitura

Sem duvida é o prédio mais majestoso da cidade. Cuidadosamente reconstruído e restaurado às condições originais do século 19. Com suas 673 salas (mais do que o Palácio de Buckingham, em Londres), e pouco destruído na segunda guerra, é considerado uma das construções mais importantes da história da Alemanha.

O que fazer em Hamburg - Prefeitura

Do saguão de entrada partem visitações guiadas, com 30 minutos de duração, você descobrirá tudo sobre o sistema de governo de Hamburg e naturalmente muito mais sobre a história da cidade.

O que fazer em Hamburg - Chafariz

 

No pátio, visite o chafariz, que representa a deusa grega Higia. O magnífico chafariz foi construído para lembrar a epidemia de cólera no final do século XIX. E bem na sua entrada encontramos, em latim, a inscrição: “Os descendentes se esforçarão para manter a liberdade alcançada por seus antepassados”.

Daniel Wisher e o famoso Fish n’Chips

É ali, na região central, que você encontrará o famoso restaurante Daniel Wisher. Logo na sua entrada você pode se deliciar com os cones de papel, contendo o delicioso Fish n’Chips, porém seu cardápio também oferece pratos de peixes, sempre com um preço justo. Você tem que experimentar…

O que fazer em Hamburg - Fish and Chips

Mas Hamburg ainda tem tanto a oferecer… nem falei sobre o Alster, o lago lindo com seu refrescante e bucólico parque, bem no centro da cidade, sobre a igreja de St. Michaelis, com sua torre e símbolo da Hamburg, do bairro de St. Pauli, com sua vida noturna e local de início da carreira dos Beatles, o museu da história de Hamburg, e tanto mais. A melhor forma de se surpreender com ela é andando a pé por todos estes pontos turísticos, cada quadra caminhada oferece uma visão nova e apaixonante.

O que fazer em Hamburg

Esta cidade já passou por tantas catástrofes, incêndios, guerras, sempre se reergueu e agora é a segunda maior cidade da Alemanha, ficando logo atrás de Berlin. Admirável!!! Venha conhecê-la também.

>> Por que Alemanha?

– Porque Hamburg ama esportes e se a população disser sim ao referendo em 09/2015, ela será candidata a sede nas olimpíadas de 2024 e mais um ousado projeto arquitetônico terá sua sede aqui pois a vila olímpica poderá ser construída numa ilha do rio Elba.

Sobre o famoso Porto de Hamburg, Alemanha

Porque não há nada melhor do que viajar para um lugar sabendo um pouquinho da história e curiosidades sobre ele, né? A viagem fica mais rica e tudo faz mais sentido! Quem concorda? o/

No post de hoje da nossa coluna semana “Por que Alemanha?” (clica AQUI pra ler os demais posts!!), a Chris traz pra gente alguns fatos e curiosidades sobre o famoso e importante Porto de Hamburg! Vamos ver? Quando você fizer sua viagem para a Alemanha, já vai estar bem informado! 😉

Por que Alemanha - Porto de Hamburg

“Alemanha – Porto de Hamburg                  

Hamburg – o portão para o Mundo. Comércio e navegação contribuem há séculos para o ambiente internacional dessa cidade à beira do rio Elba, com 4 milhões de habitantes na área metropolitana.

Porto de Hamburg - Chris

Hamburg é uma cidade-estado, fica bem no norte da Alemanha, pertinho da Dinamarca, à margem do Rio Elba. É uma cidade com muito verde e é considerada uma das cidades mais bonitas da Alemanha, recebendo 120 milhões de turistas anualmente. Hamburg é uma cidade hanseática que fazia parte da Companhia de Navegação e Comércio Hansa. Entre 1850 e 1934 mais de cinco milhões de emigrantes saíram da Europa para o Novo Mundo pelo porto de Hamburg. Eram emigrantes dirigindo-se a América do Norte e do Sul, incluindo o Brasil.

Porto de Hamburg - Cartazes

É interessante notar que no Brasil, Hamburger Berg foi a primeira fundação no Vale dos Sinos, Sul do Brasil, que mais tarde tornou-se Hamburgo Velho, o nome original significava “Morro dos Hamburguenses”, daí se origina a Novo Hamburgo atual. Hoje, Novo Hamburgo é conhecido como a Capital Nacional do Calçado e é considerada a maior cidade de origem alemã do Rio Grande do Sul.

Em Hamburg também chegaram de navio os imigrantes para trabalhar na indústria e reconstruir a Alemanha no período do pós-guerra. Isso faz com que a cidade tenha grande tradição em suas relações internacionais e multiculturais, sendo chamada de “Portão para o Mundo” (Tor zur Welt).

Porto de Hamburg - Navios

O Porto de Hamburg transformou-se em breve tempo em um local turístico interessante para navios de cruzeiro em virtude de localizar-se bem no centro da cidade e assim perto das atrações turísticas. Além disso, tornou-se comum que habitantes da cidade saúdem os navios da margem do rio Elba durante a sua chegada à cidade, muitas vezes acompanhados por um espetáculo de fogos de artifícios patrocinado pela cidade.

História e Tecnologia

O porto nasceu na Idade Média, ganhou cada vez mais importância durante o século XIX, foi bombardeado durante a 2ª Guerra Mundial e em pouco tempo reergueu-se e modernizou-se. Entre 1958 e 2008, o movimento anual passou de 30 milhões de toneladas para 140 milhões de toneladas. Atualmente, a containerização – manipulação de mercadoria por containers, que indica o nível de modernização do porto – chega a 96%.

Uma média de 12 mil navios cargueiros passam por Hamburg todos os anos. É mais do que o dobro, por exemplo, do volume de navios que atracou no Porto de Santos, o maior do Brasil, em 2009.

Porto de Hamburg - Cargueiro

Economicamente, o Porto de Hamburg é o segundo maior porto da Europa, possui uma localização geográfica estratégica para distribuição de produtos depois que estes chegam no Porto. O Porto fica na beira de um rio, o Rio Elba, e os navios chegam pelo mar do Norte, entrando 70 milhas náuticas pelo rio até chegar no Porto.

Porto de Hamburg - Rio Elba

O Rio Elba tem 1.165 km de extensão, com 870 km navegáveis. Em sua foz no Mar do Norte, logo depois de Hamburg tem 15 km de extensão.

Previsões confirmam que em 2 ou 3 anos, o Porto de Hamburg ultrapassará o Porto de Amsterdã, o maior concorrente, em temos de volume movimentado. Para isso discute-se no momento os planos para o aumento da profundidade do rio Elba, construção de novas estradas e ferrovias além das já existentes para assegurar o acesso e escoamento das cargas ao porto. Só para exemplificar, diariamente chegam ao porto 200 trens de carga e as previsões futuras são de 450 trens por dia. A companhia ferrovia portuária administra 330 km de trilhos, incluindo 5 estações, 7 cruzamentos e 73 pontes e uma moderna torre de controle central.

Além disso, apesar de ter terminais para a movimentação de cargas a granel, a ênfase está na movimentação de cargas em containers. Isso faz de Hamburg um grande centro de comércio exterior. O porto é responsável por 40% da arrecadação fiscal do Estado de Hamburg. Mais do que a indústria aeronáutica, presente no Estado com a Airbus, maior concorrente da Boeing, com 15.000 funcionários em sua fábrica ali situada.

No porto existem vários museus náuticos que podem ser visitados, por exemplo, o Rickmer Rickmers e o Cabo São Diego. Visitas guiadas através do porto da cidade são muito interessantes.

Curiosidade: Comparação de 5 portos em volume de TEUs (Twenty Foot Equivalent Units – dados de 2007)

HAMBURG                            9 889 792 

BREMEN/B’HAVEN             4 912 177 

SANTOS                                 2 532 900 

AMSTERDAM                        370 000 

BUENOS AIRES                     1 700 000 (2006)

>> Por que Alemanha?

–  Porque aqui o cidadão participa ativamente da vida política. Em 2010 aproximadamente 120.000 pessoas se reuniram em demonstração contra usinas atômicas. Eles formaram uma corrente humana de 120 km entre os reatores Krümmel e Brunsbüttel, passando no meio de Hamburg.”