Tag Archives: Hildegard

Hildegard, a primeira feminista de todos os tempos!

Você também ama os textos da Chris, que escreve a nossa coluna semana “Por que Alemanha?”. Eu amo! E o pos de hoje é especial porque, além de ser o último da série sobre o Rio Reno (os outros dois estão AQUI e AQUI. Vale a pena ler!), conta a história de uma mulher que fez a diferença na Idade Média!

Curioso? Vamos lá então!

Por que Alemanha? - Hildegard

“Alemanha – Viajando pelas margens no Vale do Médio Reno

Bingen e Hildegard

Após termos viajado e falado muito sobre o Rio Reno e sua importância, sobre a simpática acolhida que Gau Algesheim proporciona a qualquer um que por ali passa e sobre a linda e romântica arquitetura de Bacharat, finalizo esta série de viagens pelas margens do Reno, contando um pouco da história de uma marcante personagem feminina, única na idade medieval, cuja vida está inteiramente ligada à cidade de Bingen.

Hildegard - vista

Mesmo antes da chegada dos romanos nesta região, existia nas terras hoje conhecidas como Bingen, um assentamento celta, cujo nome era “binge” (= fosso). Estamos então falando de um período antes de Cristo – sim, a história desta região é antiquíssima! No período em torno de 335-360, o presbítero Aetherius de Bingen fundou uma comunidade liderada por sacerdotes. Como prova deste período encontramos ainda hoje seu túmulo de pedra na Basílica de Martin.

Viajando agora por Bingen na Idade Medieval nos deparamos com lendas, ruínas e a surpreendente personalidade de Hildegard von Bingen, abadessa beneditina, nascida em 1098, também considerada como primeira representante da mística alemã da Idade Média. Você sabe quem ela foi?

Hildegard - estátuaHildegard foi a primeira feminista de todos os tempos. E, não se esqueça, estamos falando de um período entre 1098 e 1178! Apesar das rigorosas normas eclesiásticas, ela conseguiu conquistar um espaço para si nesse ambiente marcado pela religião, algo mais do que incomum naquela época.

Foi reconhecida cientista, fundou entre 1147 e 1150 o convento Rupertsberg. Após 1150 Hildegard escreveu um livro sobre a origem e tratamento de várias doenças, não só físicas como também de natureza interior e escreveu nele também sobre a qualidade e as propriedades curativas de várias criaturas e plantas.

Ela catalogou milhares de ervas medicinais e seus efeitos, criando uma fonte de pesquisas usada até hoje. E, diz a lenda, que ela teria descoberto então as propriedades do lúpulo, na mesma época em que a planta passou a ser utilizada para conservar a bebida, que compunha a alimentação nos mosteiros nas épocas de jejum.

Hildegard-plantas

Dedicou-se também à música, compondo importantes obras vocais sacras, principalmente para vozes femininas. Sua educação ia muito além do que era esperado de uma mulher em tal época.

Ouçam que maravilha…

Hildegard-Torre-dos-RatosMas, voltando a falar sobre a cidade de Bingen, continuamos a viajar por lendas e ruínas. Um dos mais famosos pontos turísticos da cidade é a famosa Torre dos Ratos (Mäuseturm) foi local para uma das mais famosas lendas da região. Dizem que um bispo foi cumprir penitência nela e foi devorado por mil ratos, como castigo por sua avareza, fato que não foi comprovado até hoje… A torre, no entanto, serviu até 1975 como sinalização para a navegação no Reno.

Atualmente não é mais muito fácil descobrirmos os locais frequentados por Hildegard em Bingen, devido a atual paisagem urbana da cidade. Mas ainda temos inúmeras maneiras de nos “encontrarmos“ com a mulher mais importante da Idade Média por alí. A trilha “Binger Hildegard” convida tanto moradores como também visitantes a conhecer os lugares que nos lembram de Hildegard, bem como sua colocação perante a sua vida e seu trabalho.

Nesta trilha, é possível também encontrar inúmeras lojas e restaurantes que se identificam de alguma forma com Hildegard von Bingen e nos oferecem produtos de excelente qualidade sempre com referência a ela. Desde literatura até vinhos, bem como também ervas e chás. Estes estabelecimentos podem ser reconhecidos pelo logotipo de Hildegard em suas vitrines.

Hildegard-logotipo

Bingen tem muito mais a oferecer, a cidade é linda, tem um bom comércio e ladeando o Rio Reno encontramos um delicioso parque, aonde caminhamos admirando a movimentação dos barcos, e podemos fazer uma deliciosa pausa para um típico café, à beira do Rio. Estando na região, não deixe de conhecer Bingen, você não se arrependerá!

>> Porque Alemanha ?

– Porque aqui, visitando cidadezinhas, que a princípio me pareciam oferecer um simples, porém lindo passeio turístico, me deparo com histórias seculares e personagens surpreendentes…”